domingo, 2 de junho de 2013

Alma viajante

A Lua sabe de mim ...

A lua é a minha testemunha muda,
é companheira de minhas noites de solidão.

A lua é cúmplice dos meus pensamentos.
Minha alma é viajante já que meu coração está detido.
De nada adiantará a felicidade se ela não vier por si só.

A lua é uma cúmplice sem culpas,
admito a culpa é toda minha e por isso vivo aqui,
onde vivo?
Hoje creio que vivo somente nos meus sonhos,
a vida aqui é um engano,
esta passagem por este mundo não valeu e
percebo que não terei outra hipótese.

A lua é cúmplice das minhas confissões,
somente ela sabe o que sinto,
já que eu mesmo não me sinto.

Somente a lua me entende e isso é o que importa,
já que as portas se estão a fechar,
somente a lua sabe a hora do fim,
somente a lua sabe de mim ...

Adilson Costa


Beijinhos lunáticos!
Isa do blogue Viver os Sonhos3