terça-feira, 2 de outubro de 2012

Recomeço...



Não gastes a riqueza do tempo com lamentações improfícuas, nem destruas o valor das horas no fogo da agitação.
Cala-te e pensa.
Sofreste talvez prejuízos enormes.
Provavelmente caíste em erro.
Padeces desenganos que jamais esperaste.
Encontraste problemas que te parecem insolúveis.
Fracassaste naquilo que entendias como sendo o melhor em teu favor.
Entretanto, queixas e aflições vazias, não te amparam de modo algum.
Reflete em teu arsenal interior de recursos e bênçãos e surpreenderás um tesouro de energias em ti mesmo, cujo acesso descobrirás, meditando simplesmente nestas duas palavras:
- POSSO RECOMEÇAR.

Francisco Cândido Xavier. Recados do Além. Pelo Espírito Emmanuel. IDEAL. Capítulo 35.