segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ama a sua criança interior?



Afirmações para nutrir a sua criança interior
  • Amo-me mesmo totalmente, agora.
  • Abraço a minha criança interior com amor.
  • Assumo a responsabilidade por minha própria vida. Estou livre.
  • Agora estou crescido e tomo conta da minha criança interior com carinho.
  • Agora vou além dos meus medos e limitações.
  • Estou em paz comigo mesmo e com a vida.
  • É seguro expressar meus sentimentos.
  • Amo-me e aprovo-me a mim mesmo.
  • Crio o meu futuro agora.

Não importa que idade você tenha, existe uma pequena criança interior que precisa de amor e aceitação. Se você é mulher, não importa o quanto auto-suficiente você seja, existe uma menina muito sensível que precisa de carinho. Se você é homem, não importa o quanto macho, ainda assim possui um menino no seu interior que precisa de carinho e afeição.
Enquanto crianças, quando alguma coisa acontecia de errado, tendíamos a acreditar que algo estava errado conosco. As crianças desenvolvem a ideia de que se agirem direito, os seus pais ou quem toma conta deles vão amá-las e não serão castigadas. Em pouco tempo a criança começa a acreditar: existe algo errado comigo, não sou bom o suficiente. A medida que crescemos, carregamos essa crença falsa conosco. Aprendemos a rejeitar a nós mesmos.
Existe um pai dentro de cada um de nós assim como um criança. Na maior parte das vezes o pai reprime a criança - quase incessantemente! Se escutarmos o nosso diálogo interior podemos ouvir essa repressão. Precisamos permitir que o pai se torne mais positivos em relação a criança.
Descobri que trabalhar com a criança interior é muito valioso para ajudar a curar mágoas do passado Precisamos comunicar com a nossa criança interior e deixá-la saber que aceitamos a parte que fez todas as coisas erradas, a parte engraçada, as birras, a parte assustada, a parte tola e frívola -  enfim cada parte de nós mesmos.
O amor é a maior força de cura que conheço. O amor pode curar a mais profunda e dolorosa das lembranças nos cantos mais obscuros da mente. Não importa quão dolorosa tenha sido nossa infância, amar a nossa criança interior pode nos ajudar a curá-la. Pensamentos de amor e perdão pela nossa criança interior, irão abrir caminhos, e o Universo nos apoiará em nossos esforços.
Louise Hay

Concordo mesmo com a Louise Hay. Vamos despejar as nossas mágoas e traumas que estão enraizados no nosso ser desde criança mas que nos afeta no presente, no agora e, por vezes acarreta até o despoletar de doenças até que decidamos escutar a nossa criança interior.


Beijinhos corajosos.


I.M.