segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A Alma tudo sabe...

Vossos corações conhecem, em silêncio, os segredos dos dias e das noites.
Mas vossos ouvidos têm sede de ouvir o saber de vossos corações.
Desejais conhecer, em palavras, o que sempre soubestes em pensamento.
Desejais tocar, com vossos dedos, o corpo desnudo de vossos sonhos.
E é bom que assim seja.
A fonte oculta de vossa alma precisa brotar e correr, murmurante, até o mar.
E assim seria revelado aos vossos olhos o tesouro de vossas profundezas infinitas.
Mas que não haja medida para vosso tesouro desconhecido;
E não deveis sonar as profundezas de vosso conhecimento com cajado e bordão.
Pois o Eu é um oceano imensurável e sem fronteiras.
Não dizei: " Encontrei a verdade", mas sim: " Encontrei uma verdade."
Não dizei:" Encontrei o caminho da alma." Dizei: " Encontrei a alma enquanto seguia meu caminho."
Pois a alma segue todos os caminhos.
A alma não caminha sobre uma linha, nem cresce como junco.
A alma desdobra-se, como um lótus de inúmeras pétalas."

Khalil Gibran