segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

O segredo dos relacionamentos amorosos...

 

Somente uma pessoa amorosa, aquela que realmente é amorosa; pode encontrar o parceiro certo. Essa é minha observação: se está infeliz irá encontrar alguém também infeliz. Pessoas infelizes são atraídas pelas pessoas infelizes.
E isso é bom, é natural. É bom que as pessoas infelizes não sejam atraídas pelas pessoas felizes; senão elas destruiriam a felicidade delas. Está perfeitamente bem. Somente pessoas felizes são atraídas pelas pessoas felizes. O semelhante atrai o semelhante. Pessoas inteligentes são atraídas pelas pessoas inteligentes; pessoas estúpidas são atraídas pelas pessoas estúpidas. Encontramos as pessoas do mesmo plano. Então a primeira coisa a lembrar-se é: um relacionamento está a ser amargo porque surgiu da infelicidade. Primeiro seja feliz, seja alegre, seja festivo e então encontrará alguma outra alma festiva e haverá um encontro de duas almas dançantes e uma grande dança irá surgir disso. Não peça por um relacionamento a partir da solidão, não. Assim irá na direção errada. Então, o outro será usado como um meio e o outro por sua vez também o usará como um meio. E ninguém quer ser usado como um meio! Cada indivíduo único é um fim em si mesmo. É imoral usar alguém como um meio. Primeiro aprenda como ser só. A meditação é um caminho para ficar sozinho.
Se puder ser feliz quando está só, aprendeu o segredo de ser feliz. Agora pode ser feliz acompanhado. Se é feliz, então tem alguma coisa para compartilhar, para dar. E quando dá, obtém; não é de outra maneira. Assim surge uma necessidade de amar alguém.
Geralmente a necessidade é de ser amado por alguém. É a necessidade errada. É uma necessidade infantil; não está amadurecido. É uma atitude infantil. Uma criança nasce. Naturalmente, a criança não pode amar a mãe; ela não sabe o que é amar e ela não sabe quem é a mãe e quem é o pai. Ela está totalmente desamparada. Seu ser ainda está para ser integrado; ela ainda não está reunida. Ela é somente uma possibilidade. A mãe precisa amar, o pai precisa amar, a família precisa banhar a criança de amor. Agora ela aprende uma coisa: que todos têm que amá-la. Ela nunca aprende que ela precisa amar. Agora a criança irá crescer e se ela permanecer presa nessa atitude que todas as pessoas do mundo têm que amá-la, ela irá sofrer durante toda sua vida. Seu corpo cresceu, mas sua mente permaneceu imatura. Uma pessoa amadurecida é aquela que chega a conhecer a necessidade do outro: que agora tenho que amar alguém.
A necessidade de ser amado é infantil, imatura. A necessidade de amar é maturidade. E quando está preparado para amar alguém, um belo relacionamento irá surgir; de outra maneira não. "É possível que duas pessoas num relacionamento sejam péssimas uma para com a outra"? Sim, isso é o que acontece com todas as pessoas. Ser bom é muito difícil. Não é bom nem para si mesmo. Como pode ser bom para outra pessoa?
Se nem mesmo se ama a si próprio! Como pode amar outra pessoa? Ame-se a si mesmo, seja bom para si mesmo. Os seus assim chamados santos ensinaram-no a nunca amar a si mesmo, para nunca ser bom para si mesmo.
Seja duro consigo mesmo! Eles ensinaram-no a ser delicado para com os outros e duro para consigo mesmo. Isso é um absurdo.
Eu ensino-lhe que a primeira e mais importante coisa é ser amoroso para consigo mesmo. Não seja duro; seja delicado. Cuide de si mesmo. Aprenda como se perdoar, cada vez mais e novamente; sete vezes, setenta e sete vezes, setecentos e setenta e sete vezes. Aprenda como perdoar a si próprio. Não seja duro; não seja antagónico consigo mesmo.
Assim irá florescer. Nesse florescimento atrairá alguma outra flor. Isso é natural.

Pedras atraem pedras; flores atraem flores.

Osho

Este texto leva-nos a uma reflexão dos nossos relacionamentos amorosos, e diz-nos muito de nós próprios. Torna-se fácil compreendermos porque existem pessoas que terminam uma e outra relação e envolvem-se sempre com o mesmo tipo de pessoa, com o mesmo perfil e, são sucessivamente infelizes em cada um desses relacionamentos.. Se assim for é necessário um trabalho profundo da sua essência através da meditação, mudar a sua vibração energética e só aí, quando estiver bem, irá encontrar alguém que estará igualmente bem.  Depois seja feliz!

Beijinhos amorosos!

Isa, do blogue Viver os Sonhos