domingo, 25 de novembro de 2012

Crise: perigo e oportunidade


Será a crise atual um sinal que se aproxima o fim dos tempos ou um meio para evoluirmos para outro estádio de consciência - o 8ª chacra? 


O símbolo chinês para "crise" justapõe os glifos para "perigo" e "oportunidade". E no perfeito sentido cósmico deste momento, em que parecemos estar à beira de um abismo, também estamos a expandir a nossa percepção para adquirir a compreensão de como podemos transpor o precipício que temos pela frente.
Até agora, para explora a plenitude da percepção baseada na polaridade, temos necessitado, como todos os atores, de nos convencermos da realidade da peça que encenamos. Agora, contudo, pela primeira vez na história da humanidade, somos pessoal e coletivamente capazes de equilibrar e transcender as limitações da percepção baseada na polaridade. Agora somos capazes de corporizar a consciência da unidade, como fizeram os avatares que têm sido os nossos guias espirituais ao longo dos tempos. E somos capazes de o fazer sem entregarmos a nossa habilitação pessoal a qualquer intermediário.
Enquanto seres espirituais sujeitos a uma experiência física, estamos para empreender um desafio e aderir a uma oportunidade mais grandiosa. Finalmente, somos capazes de corporizar as energias e percepção do oitavo chacra e completar, assim, a oitava fundamental de percepção e reclamar conscientemente a integridade da nossa alma.

Livro: O 8ª Chacra, Jude Currivan