sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Sonhos e livre-arbítrio!

Até que ponto sou responsável por mim mesmo?
Sempre tomei decisões que me favoreceram? 
Posso conduzir a minha vida sem medo de errar? 
Hoje vou pensar nisto, vou meditar sobre o assunto. O meu livre-arbítrio foi usado por mim, desde sempre, mas como e que eu o usei?... 
Se tenho sonhos não realizados, esperanças arruinadas e preces não atendidas, preciso parar e verificar o que estou a fazer comigo mesmo, preciso ver se as minhas opções sempre estiveram de acordo com a lei divina que apregoa o amor e a caridade acima de tudo. 
Se a resposta for não, não vou ficar triste mas sim aproveitar para mudar. E para melhor, começando a discernir, de fato, entre o que é bom para mim, verdadeiramente, e o que é nocivo, para não me equivocar mais e triunfar nas tentações e ciladas naturais da vida.
 Fonte: Instituto André Luiz
Boa sexta feira queridos sonhadores. Esta mensagem mostra-nos de forma clara como podemos realmente perceber se estamos ou não a tomar as melhores decisões na nossa vida, se somos corajosos e seguimos os nossos sonhos de acordo com o nosso livre arbítrio. 
 
Beijinhos Corajosos!
Isa